Gostaria de abrir uma loja de acessórios e bijouterias

planejamento

#1

Gostaria de abrir uma loja de acessórios e bijuteria como faço para iniciar


#2

Olá, @jeane5417, tudo bem?

Me tira algumas dúvidas sobre o seu desafio, por favor. :slight_smile:

  • Você produz as bijuterias e os acessórios?
  • Se não, já conhece bons fornecedores?
  • Você já vende eles para sua rede próxima, ou seria algo 100% do zero, que você teria que começar a fazer?
  • A loja é de fato o seu melhor canal de vendas nesse momento? Já tem capital para investir ou tem acesso a possíveis investidores?

Abraços e boa sorte na sua jornada!


#3

Gostaria de abrir uma loja de roupas ou de bijouterias e não sei por onde começar.


#4

@maria9936, tudo bem?

Trouxe o seu tópico para cá para a gente continuar conversando :slight_smile:

Vou te fazer as mesmas perguntas que eu fiz para a @jeane5417.

  • Você produz as bijuterias e os acessórios?
  • Se não, já conhece bons fornecedores?
  • Você já trabalhou nesse segmento, ou seria algo 100% do zero, que você teria que começar a fazer?
  • A loja é de fato o seu melhor canal de vendas nesse momento? Já tem capital para investir ou tem acesso a possíveis investidores?

Aguardo sua resposta para a gente poder te ajudar melhor!


#5

Sim, eu mesma que produzo as peças, utilizando insumos naturais, madeiras, madrepérolas, búzios, sementes, etc.
Eu já havia trabalhado criando as peças. Mas vendendo ainda não.
Hoje meu único canal de vendas é o porta a porta para conhecidos.
Gostaria de ampliar os canais de vendas, inclusive revendendo para outras lojas.


#6

Olá, @valquiria5407

É um prazer ajuda-la!

Minha mãe começou um negócio de acessórios de tricô em casa recentemente. Ela estava com essa ideia de revender em lojas e ampliar os canais de vendas, portanto vou tentar passar para você os maiores desafios que ela teve até agora. Acredito que podem te ajudar.

  1. O que não deu certo?

Revender em lojas - ela tentou, procurou várias. Nenhuma loja quis fazê-lo e as que quiseram, ofereceram margens absurdas e irreais. A minha impressão é que é muito difícil uma loja consolidada propor um acordo vantajoso para uma marca menor. O ideal é que a marca cresça um pouco antes de buscar esse tipo de parceria.

  1. O que deu certo?

Eventos - ela tem feito uns eventos com uma pessoa que ela conheceu, que é dona de um salão de estética. Os eventos acontecem no próprio salão e ela divulga as peças dela para clientes. Outras pequenas marcas femininas também participam. As vezes ela faz isso na casa de amigas também. Naquele esquema “convida suas amigas, que vou levar o mostruário”.

Canais Online - vendo que não conseguiríamos vender em lojas e percebendo que precisávamos ter um canal para as pessoas que conheciam os produtos nos eventos se conectarem, percebemos que precisávamos criar um site: https://tessatricot.com.br/. Parece algo muito difícil, mas a plataforma do Shopify é muito intuitiva, mesmo para quem nunca trabalhou no meio online. Minha mãe é totalmente leiga e montou o site dela praticamente sozinha. A partir daí, foi criar as redes sociais, montar uma mini editoria (calendário de postagens) e ela foi seguindo. A dica é sempre dar uma pequena impulsionada nas publicações do Facebook, para atrair mais pessoas para o site.

Basicamente foi isso que aconteceu… rs

Agora estamos pensando no próximo passo. :slight_smile:

Desejo toda a sorte do mundo!

Um abraço


#7

Muito obrigada! Gostei bastante das dicas. E parabéns a sua mãe pelo empreendimento.